FANDOM


Cenons – O que são eles?

Os Cenons são seres metade humanos da cintura para cima, e metade animais, da cintura para baixo. Os exemplares mais comuns desse tipo de seres são os Centauros, que são metade humanos, e metade cavalos. Muitos estudiosos alfhellins especulam que estes seres surgiram através de experimentos hediondos de magos malignos com seres humanos ou elfos cativos, condenados a uma vida de sofrimento e preconceito depois dessas mutações. Já os grandes sacerdotes acreditam que eles na verdade são criações de Sarin, a Deusa da Natureza, como uma “benção” da Deusa àqueles seres que habitavam suas florestas e campos virgens e os defendiam de ameaças externas. De qualquer forma, os Cenons são numerosos em Alfhellity, divididos em tribos, ou vivendo junto às comunidades humanas, élficas ou outras, apresentando uma variedade considerável de tipos e personalidades, enriquecendo ainda mais o já complexo mundo de Alfhellity.

Cenaracnos / Naholoros

Os Cenaracnos são seres metade homens até a cintura, e metade aranha da cintura para baixo. Vivem em comunidades isoladas no centro de grandes florestas ou em cavernas, e raramente deixam suas tribos, devido ao grande preconceito contra a sua raça. Considerados seres malignos pela grande maioria dos demais seres inteligentes, os Cenaracnos são seres extremamente reclusos, e defendem seus territórios com grande agressividade. A vida de aventureiro não é muito adotada entre eles, e os poucos que resolverem segui-la, em sua maioria serão Magos, Xamãs ou Assassinos, utilizando de suas assombrosas habilidades de imobilização para cumprir suas missões de maneira rápida e segura. Tem a pele variando do moreno claro a tons de azul, verde e negro. Suas costas geralmente são cobertas por complexos desenhos, que acompanham as cores da parte inferior de seus corpos. Apesar da aparência desconcertante e tamanho, eles são extremamente ágeis, e conseguem manter grande equilíbrio, assim como escalar paredes, árvores e rochas sem ajuda de nenhum tipo de utensílio ou ferramenta. Os homens em sua maioria não têm cabelo, e os poucos que o possuem, geralmente os mantém compridos, assim como as mulheres. Veneram Ororo, a Deusa das Aranhas, uma divindade menor, que na verdade é uma face menor da Deusa Sarin, mas não é raro encontrar alguns Clérigos de Cadash e de Hellamiel entre eles. As mulheres são protegidas sempre pelos machos da raça, pois a razão de fêmeas na raça é de uma para cada três machos, deste modo, elas serão sempre mantidas em segurança, para fins de reprodução, mas ainda assim elas podem se dedicar à vida religiosa normalmente.

Cenofídios / Nahepivies

Os Cenofídios são seres metade homens até a cintura, e metade cobra da cintura para baixo. Muitos consideram a existência deles uma lenda. Vivem reclusos às pequenas comunidades escondidas nos corações das grandes florestas, isoladas dos outros seres, e também pode ser encontrados vivendo nas complexas redes de cavernas da Grande Cordilheira. A parte inferior do seu torso é toda coberta de escamas, como qualquer cobra seria, apresentando uma combinação sem fim de cores e desenhos. Apesar da aparência frágil, eles tem senso de equilíbrio impecável, e grande força na parte inferior do corpo, podendo se locomover com grande rapidez de maneira semelhante aos ofídios. Possuem os olhos como de cobras, e não raramente apresentam olhos amendoados, vermelhos ou verdes, e a cor dos cabelos pode variar do castanho claro a tons fortes ruivos, verdes ou azuis. Raramente se dedicarão à vida de aventuras, e os poucos que o fazem, geralmente atuarão como Magos e Druidas da Deusa da Natureza. Não tem o costume de utilizar roupas, sendo muito normal às fêmeas dos Cenofídios andarem com os torsos nus, tendo seus seios à mostra. São apreciadores de jóias, tanto os homens quanto as mulheres, e sempre carregarão consigo anéis, colares e brincos, muitas vezes tendo vários pingentes e anéis presos ao próprio corpo. As mulheres tem acesso às mesmas tarefas que os homens, com a única diferença de que nunca se envolvem nas batalhas ou guerras. A sociedade Cenofídio é patriarcal, e cabe aos machos a defesa dos territórios, liderança e caça.

Cenoscorpios / Nahgnels

Os Cenoscorpios são seres metade homens até a cintura, e metade escorpião da cintura para baixo. Constituem pequenas tribos, em meio a grandes florestas tropicais, pântanos, cavernas e desertos. Extremamente territoriais, os Cenoscorpios permitem entrar em seus territórios somente aqueles que consideram úteis aos seus propósitos. Conhecidos como canibalistas, os Cenoscorpios geralmente não hesitarão em atacar e matar grupos de aventureiros que adentrarem seus domínios. Adoram metais preciosos e jóias, e comumente cobrirão seus corpos com finos mantos e túnicas de seda, jóias ou leves cotas de metal, além de sempre carregarem anéis e cordões de ouro. Não geram muitos aventureiros, mas aqueles que escolhem esse caminho, geralmente serão guerreiros, magos elementalistas ou Sacerdotes do Deus Akhar, dos Escorpiões, uma divindade menor que nada mais é do que uma face menor da Deusa Sarin, da Natureza. Apesar disso, comumente também dirigem suas preces a Sonner e Cadash. Possuem a pele do moreno claro á tons amarelados e vermelhos, olhos amendoados, e raros casos em vermelho e verde, e seus cabelos sempre serão longos, lisos e negros. Às mulheres podem adotar a vida doméstica, assim como á religiosa, e as poucas que decidem ser aventureiras, serão sempre magas ou clérigas.

Centauros / Nahqouls

Os Centauros são seres metade homens até a cintura, e metade cavalo da cintura para baixo. Vivem sempre às margens de rios, em comunidades construídas em meio às florestas ou vastos campos. Não utilizam armaduras ou grandes vestimentas, e quando o fazem, utilizam utensílios feitos por eles próprios. São reclusos, e nunca vêem com bons olhos a chegada de forasteiros e visitantes não convidados aos seus domínios. Os poucos Centauros que escolhem a vida de aventureiros, se tornarão na grande maioria das vezes lanceiros, atuando como guardiões de templos, caravanas de comerciantes ou grupos desbravadores. Quando seguem a vida religiosa, tornam-se Druidas da Natureza Devotam suas preces à Deusa da Natureza Sarin, ou a Kernon, o Deus dos Centauros, uma divindade menor cultuada em todas as comunidades existentes dos Centauros, que na verdade nada mais passa de uma face menor da própria Deusa Sarin. As mulheres ficam limitadas à vida doméstica somente, ou à vida religiosa, mas nunca poderão atingir os mais altos postos na Hierarquia Clerical dos Centauros, atuando sempre como Curandeiras nas vilas que estes seres constituem.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.