FANDOM


História Anã

Os Anões em Akheron são a terceira raça de seres inteligentes em número de individuos. Podem ser encontrados em todo o planeta, vivendo nas grandes cidades como artesãos, ferreiros, engenheiros, taberneiros e muitos aventureiros também, mas a maior concentração deles se dá na fronteira dos continentes Zebulos e Hastur, onde se localizam os três reinos anões do planeta, Solaherinn, Thellonity e Kennerud. Os estudos mais precisos apontam que os anões surgiram em Hastur, e inicialmente, eram seres subterrâneos. Através do desenvolvimento de avançadas técnicas de mineração e trabalho com o metal, os anões prosperaram rapidamente, criando grandes cidades sob as Montanhas de Solaherinn. Apaixonados por minerais e metais preciosos, os Anões se dedicaram durante séculos à extração destes das mais profundas minas, ao mesmo tempo em que desenvolviam técnicas de manipulação e transformação desses materiais, tornando-se assim, grandes escultores, ferreiros, armeiros e artífices, criando uma infinidade de utensílios com grande maestria e cuidado. Além de armas e armaduras, eles também criavam utensílios para utilização em seu dia à dia, fato que levou à civilização anã à grande avanço tecnológico. A primeira cidade anã foi Theliaherinn, fundada sob a Montanha Thelliador, um complexo rochoso que ficou muito conhecido no mundo de Akheron, por ser um ponto estratégico no extremo sul do continente de Hastur, pois através dessa montanha, fica a passagem mais fácil entre as planícies do Thellor para o sul. Theliaherinn cresceu através do trabalho nas profundas cavernas, mas além disso, existiam muitas famílias anãs que se dedicavam à caça na superfície, além da extração de madeira e outros materiais das Florestas do Thellor. O Thellor em si, é um dos maiores rios do planeta, que nasce através da junção das águas de várias nascentes nas Montanhas Thelliador, cortando o continente de Hastur até desaguar no mar de Arnjlot, bem ao oeste.

A Nova Cisão

O planeta Akheron já viveu um triste episódio na sua história, chamado de “A Grande Cisão”. Houve no passado, uma guerra sangrenta entre os elfos, que ocasionou a separação completa de todas as linhagens élficas do planeta, como poderá ser visto adiante. Mas o que muitos temiam infelizmente esta ocorrendo, e uma Nova Cisão esta para ocorrer. Muitos indicavam os Humanos ou os Giray como os alvos dela, mas foram os anões os escolhidos pelos Deuses, ou não? Houve o tempo, em que os 3 grandes reinos anões viviam em completa união e harmonia. Mas hoje, através de grandes mudanças ocasionadas na vida dos anões, uma nova guerra se aproxima. A cisão élfica ocorreu por causa da intolerância dos Altos Elfos para com as outras linhagens, mas no caso anão, o ponto de conflito, é a religião. Em Thellonity o contato com os humanos fez com que os anões voltassem as suas preces para Valladolid, Deus da Justiça, e em Solaherinn, além de novas minas e metais preciosos, os anões encontraram a essência da escuridão nos profundos caminhos nas cavernas, e Hellamiel, Deus das Trevas, lhes tomou o coração. Os remanescentes fiéis ao Deus Pai Daghor, não aceitam a mudança, chamada de A Grande Traição, e o futuro anão, esta marcado, a passar por caminhos sangrentos…

As Três Sub-Raças anãs

Anões das Cavernas

Os Senhores das Profundezas ou Anões das Cavernas, são a linhagem principal dos anões no planeta Alfhellity. Vivendo nas Grandes Cidades Subterrâneas do Reino de Solaherrin, esses anões tornaram-se peritos na arte da mineração. Pelos gigantescos túneis internos e subterrâneos da Grande Cordilheira e das Montanhas de Solaherrin, eles criaram suas cidades, e foi aqui que nasceu o culto ao Deus Pai Daghor, que tem como marco maior, o Grande Domo da Rocha, o primeiro Templo do Deus dos Anões em Alfhellity, na maior cidade subterrânea anã do planeta, Thelliaherrin. De peles morenas à negra, com cabelos e olhos castanhos claro ao escuro, e até negros, esses anões são os mais baixos dentre as 3 sub-raças, e apresentam maior força física dentre seus outros irmãos. As mulheres desta sub-raça são destinadas exclusivamente às tarefas domésticas, e também ao culto aos deuses. Esses anões sempre apresentam grandiosos mineradores, joalheiros impecáveis, e quando aventureiros, sempre guerreiros impiedosos contra seus inimigos, trajando armaduras pesadas e armas de grande porte. Dedicam-se ao culto de Hellamiel, e também de Daghor, em pequena escala.

Anões das Montanhas

Os Senhores das Montanhas ou Anões do Leste, são os valorosos anões das Montanhas de Kennerüd. Fiéis ao Deus Pai Daghor, esses anões dominaram as montanhas do sul da Grande Cordilheira. Diferente dos seus irmãos ancestrais de Solaherinn, que vivem quase que exclusivamente dentro das Grandes Cidades Subterrâneas, os Anões de Kennerüd dominaram as encostas das Montanhas de Kennerüd, onde se encontra a imponente Cidade de Kennerüd, fincada entre as rochas milenares do conjunto rochoso. De peles claras, cabelos variando do loiro claro até tons escuros de ruivo e castanhos claros, esses anões são um pouco mais altos que seus parentes do oeste, e geralmente, mais sociáveis. As mulheres desta sub-raça são reservadas, dominam os serviços domésticos e o trato do pasto, nos vastos campos férteis da planície do canal de Zebulos. Apesar da aptidão natural destes anões à forja, eles também geram bons aventureiros, geralmente guerreiros empunhando grandes martelos de guerra, e um bom punhado de clérigos de Daghor.

Anões da Neve

Os Anões de Thellonity, são a sub-raça anã mais intrigante. Sendo os mais altos dentre as sub-raças, esses anões também apresentam outras características exóticas, como os cabelos que variam em qualquer combinação desde o loiro claro, até o castanho escuro e negro, com exemplares da raça, com cabelos em tons azulados e verdes. Olhos em qualquer cor, desde o azul, verde, castanhos, negros e tons amarelos e vermelhos. Conhecidos como Senhores das Florestas dentre os humanos de Thellonity, esses anões são os únicos dentre as sub-raças que se dedicam ao estudo dos Deuses, Clericato e com exemplares raríssimos de magos. Manipuladores magníficos do machado, são responsáveis por produção de ótimos utensílios em madeira, desde móveis, até grandes carruagens. Especialistas na destilação, são também produtores da melhor cerveja anã que Alfhellity possui. O convívio próximo aos humanos, auxiliou a uma abertura desta sociedade anã, sendo que as mulheres desta sub-raça, se dedicam aos serviços domésticos, mas também podem alcançar postos dentre as hierarquias dos exércitos, e existem aquelas, que assumem a vida de aventuras, como guerreiras, clérigas e até como magas. Dirigem as suas preces ao Deus Valladolid, e também a Daghor, em menor escala.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.